Secretaria da Saúde alerta para atualização da carteira de vacinação

0
16
Secretaria da Saúde alerta para atualização da carteira de vacinação
Secretaria da Saúde alerta para atualização da carteira de vacinação


Há vacinas específicas para cada idade e estão disponíveis nas unidades básicas de saúde do município

A Secretaria da Saúde de Capivari alerta para a importância de manter a carteira de vacinação atualizada em todas as faixas etárias, de crianças a idosos. Há vacinas específicas para cada idade e elas estão disponíveis nas unidades básicas de saúde do município e no Ceamc (Centro Especializado de Atendimento à Mulher e à Criança).

Para a aplicação das vacinas é necessário que o munícipe compareça à unidade de saúde portando a carteira de vacinação e o cartão SUS (Sistema Único de Saúde). Caso ele não tenha a carteira ou o cartão, deve solicitar no local.

“É imprescindível manter as vacinas atualizadas. Deste modo, evita-se que as doenças imunopreveníveis (aquelas que podem ser evitadas de forma eficaz com vacinas) voltem a aparecer em nossa comunidade, como o sarampo, a varicela, conhecida como catapora, e a meningite, que pode levar a morte”, explica Simoni Pacheco, diretora de Vigilância em Saúde de Capivari.

Conforme o Ministério da Saúde, gestantes devem receber vacinas de Hepatite B (três doses, dependendo da situação vacinal), Dupla Adulto (DT – três doses, dependendo da situação vacinal) e dTpa (Tríplice Bacteriana Acelular do Adulto – uma dose a cada gravidez, a partir das 20 semana de gestação ou até 45 dias após o parto).

O calendário vacinal do nascimento aos quatro anos de idade inclui BCG e Hepatite B, ao nascer; 1ª Penta/DTP, 1ª VIP/VOP, 1ª Pneumocócica 10v e 1ª Rotavírus Humano, aos dois meses; 1ª Meningocócica, aos três meses; 2ª Penta/DTP, 2ª VIP/VOP, 2ª Pneumocócica 10v e 2ª Rotavírus Humano, aos quatro meses; 2ª Meningocócica, aos cinco meses; 3ª Penta/DTP, 3ª VIP/VOP, aos seis meses; febre amarela, aos nove meses; reforço da Pneumocócica 10v, reforço da Meningocócica C e tríplice viral, aos 12 meses; 1º reforço da Penta/DTP, 1º reforço da VIP/VOP, Hepatite A e Tetra Viral, aos 15 meses, e 2º reforço da Penta/DTP; 2º Reforço da VIP/VOP e 2ª Varicela (atenuada), aos quatro anos.

Meninas com idades entre 9 e 14 anos e meninos de 11 a 14 anos devem tomar a vacina do HPV (duas doses, com intervalo de seis meses entre elas). Quando se atinge os 10 anos, e até os 19 anos, é preciso receber as vacinas de febre amarela (dose única, se nunca tiver vacinado), Hepatite B (três doses, dependendo da situação vacinal), dupla adulto (reforço a cada dez anos) e tríplice viral (duas doses, dependendo da situação vacinal). Também entre 11 e 14 anos de idade, deve-se tomar a Meningocócica C (dose única ou reforço, dependendo da situação vacinal).

Dos 20 aos 59 anos, a recomendação do MS é a vacina da febre amarela (dose única, se nunca tiver vacinado), Hepatite B (três doses, dependendo da situação vacinal), dupla adulto (reforço a cada 10 anos) e tríplice viral (duas doses – 20 a 29 aos – e uma dose – 30 a 49 anos).

Os idosos – pessoas com 60 anos ou mais – devem receber a vacina de febre amarela (dose única, se nunca tiver vacinado), Hepatite B (três doses, dependendo da situação vacinal), dupla adulto (reforço a cada dez anos) e Pneumocócica 23 valente (dependendo da condição clínica).

Fonte: Prefeitura de Capivari

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui